Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: GUILHERME RODRIGUES FONSECA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GUILHERME RODRIGUES FONSECA
DATA: 06/03/2024
HORA: 09:00
LOCAL: LEMAF
TÍTULO:

Uma nova abordagem para otimizar o design de inventários florestais na eucaliptocultura no Brasil


PALAVRAS-CHAVES:

Otimização, Inventário Florestal Contínuo, Inventário Pré-Corte.


PÁGINAS: 51
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Recursos Florestais e Engenharia Florestal
SUBÁREA: Manejo Florestal
ESPECIALIDADE: Dendrometria e Inventário Florestal
RESUMO:

O setor de florestas plantadas brasileiro é um dos principais impulsionadores da economia do país, ocupando uma área significativa e gerando milhões de empregos diretos e indiretos. No entanto, dada sua importância, é crucial monitorar continuamente essas florestas para fornecer dados essenciais para o planejamento a curto, médio e longo prazo. No Brasil, o monitoramento é realizado principalmente por meio de dois métodos de amostragem: o Inventário Florestal Contínuo (IFC) e o Inventário Pré-Corte (IPC). O IFC utiliza parcelas permanentes instaladas quando as florestas têm cerca de 2 anos de idade e são remediadas regularmente até o ano anterior à colheita. Por outro lado, o IPC é realizado imediatamente antes do corte, utilizando parcelas temporárias. Ambos os métodos têm custos consideráveis associados à instalação, manutenção e medição das parcelas, além de enfrentarem desafios relacionados à escassez de mão de obra. Diante desse contexto, essa dissertação propõe três abordagens distintas para otimizar o esforço amostral e o número de talhões medidos no IFC e IPC em plantios comerciais de eucalipto no Brasil. No primeiro capítulo, é apresentada uma abordagem para otimizar o esforço amostral no IFC a partir dos 3 anos de idade das florestas. No segundo capítulo, propõe-se uma nova abordagem para o IPC, combinando a técnica de dupla amostragem com modelos de crescimento e produção, visando reduzir o número de talhões medidos. Por fim, no terceiro capítulo, é apresentado um novo design de IFC que combina diversas técnicas, como dupla amostragem, algoritmos de simulação e regressão linear múltipla, com o objetivo de reduzir o número de talhões medidos ao longo do ciclo da floresta. Essas abordagens buscam não apenas reduzir custos, mas também melhorar a precisão das estimativas, fornecendo uma representação abrangente e dinâmica das áreas florestais. Ao propor essas inovações nos métodos de inventário florestal, a dissertação visa contribuir para o avanço e a eficiência do manejo florestal no Brasil, beneficiando tanto as empresas do setor quanto o meio ambiente.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - TALLES HUDSON SOUZA LACERDA - S.A. (Membro)
Presidente - LUCAS REZENDE GOMIDE (Membro)
Externo à Instituição - CASSIO AUGUSTO USSI MONTI - S.A. (Membro)
Notícia cadastrada em: 21/02/2024 03:14
SIGAA | DGTI - Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação - Contatos (abre nova janela): https://ufla.br/contato | © UFLA | appserver2.srv2inst1 22/05/2024 16:51