Notícias

Banca de DEFESA: LUZIA BATISTA MOURA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUZIA BATISTA MOURA
DATA: 07/02/2024
HORA: 08:00
LOCAL: Online, no Google Meet
TÍTULO:

REAPROVEITAMENTO DA CAMA DE COMPOST BARN COMO COMPONENTE NO SUBSTRATO: EFEITOS NA QUALIDADE E CRESCIMENTO DE MUDAS DE CAFÉ ARÁBICA (Coffea arabica L.)


PALAVRAS-CHAVES:

Compost Barn. Reaproveitamento de resítuos. Cafeicultura. Sustentabilidade. Agricultura Sustentável. Café arábica. Confinamento para bovinos leiteiros.


PÁGINAS: 119
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Engenharia Agrícola
SUBÁREA: Construções Rurais e Ambiência
ESPECIALIDADE: Engenharia de Construções Rurais
RESUMO:

As práticas agrícolas sustentáveis têm assumido uma relevância crescente no contexto da mitigação do impacto ambiental e na promoção da sustentabilidade. Dessa maneira, promover a utilização de resíduos agrícolas como substratos para produção de mudas de café, representa uma fonte de nutrientes economicamente viável. O café arábica (Coffea arabica L.) ocupa posição de segundo produto mais valioso no mercado global, e é amplamente consumido em todo o mundo. Assim, o objetivo do presente trabalho, foi avaliar a cama proveniente do sistema Compost Barn na composição de substratos para a produção de mudas de café arábica (Coffea arabica L.) em ambiente protegido, além de caracterizar o ambiente, determinar a radiação solar interceptada, estimar a temperatura base (Tb) e o tempo térmico para a emissão de folhas. O experimento foi conduzido em casa de vegetação tipo capela, com área total de 233,3 m² orientada no sentido Leste-Oeste, coberta por filme de polietileno de baixa densidade, com 150 μm de espessura. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado 2x5. As avaliações das mudas foram realizadas aos 180 dias após a semeadura. Os dados micrometeorologicos foram obtidos por meio de sensores de leitura automática e direta na casa de vegetação. Para o ambiente externo, os dados foram obtidos da estação meteorológica.  Assim, a interação entre substrato e cultivar exerceu influência significativa na maioria das variáveis agronômicas, resultando em um bom desenvolvimento das plantas. As variáveis micrometeorologicas avaliadas na casa de vegetação e ambiente externo apresentaram boa correlação. A radiação global interceptada evidenciou um desempenho consistentemente superior no ponto 1, ao longo do período analisado. A temperatura base demonstrou uma notável uniformidade nas condições de desenvolvimento térmico das mudas de café arábica nos diferentes tratamentos. Por outro lado, o filocrono evidenciou a necessidade de diferentes quantidades de energia térmica para a emissão de um par de folhas. Portanto, foi possível concluir que a escolha do substrato desempenha um papel crucial na produção de mudas de café arábica. A interação entre substrato e cultivar é um fator determinante para o sucesso do desenvolvimento das plantas. Além disso, a análise micrometeorologica contribuiu para uma compreensão mais abrangente das condições ambientais durante o experimento.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - TADAYUKI YANAGI JUNIOR (Suplente)
Externo ao Programa - FELIPE SCHWERZ - DEA/EENG (Membro)
Externo à Instituição - Azenate Campos Gomes - UFCG (Suplente)
Externo à Instituição - Alecksandra Vieira de Lacerda - UFCG (Suplente)
Externo à Instituição - ALLAN ALVES FERNANDES - Unipampa (Membro)
Presidente - ALESSANDRO TORRES CAMPOS (Membro)
Notícia cadastrada em: 31/01/2024 15:05
SIGAA | DGTI - Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação - Contatos (abre nova janela): https://ufla.br/contato | © UFLA | appserver2.srv2inst1 22/04/2024 03:53