Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: VICTOR SANTURBANO DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VICTOR SANTURBANO DA SILVA
DATA: 15/06/2022
HORA: 10:00
LOCAL: Sala Virtual do Google Meet - https://meet.google.com/kuu-nnoz-jio
TÍTULO:

Sustentabilidade ambiental de biocombustíveis de microalgas cultivadas em esgoto doméstico: uma avaliação comparativa do ciclo de vida de diferentes rotas úmidas de conversão energética


PALAVRAS-CHAVES:

Bioenergia. Impactos ambientais. Recuperação de recursos. Lagoas de alta taxa. Avaliação do ciclo de vida.


PÁGINAS: 45
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Sanitária
SUBÁREA: Saneamento Ambiental
ESPECIALIDADE: Controle da Poluição
RESUMO:

As preocupações com a alta demanda energética e o esgotamento gradual dos combustíveis fósseis têm despertado o desejo de buscar alternativas renováveis e sustentáveis. As microalgas, fonte renovável de biomassa, têm sido apontadas como matéria-prima promissora para a geração de biocombustíveis, além de servir para biorremediação de efluentes domésticos. No presente estudo, a abordagem portão-ao-portão será usada para avaliar os impactos ambientais de três diferentes rotas úmidas de conversão energética de biomassa algal através da ferramenta de Avaliação do Ciclo de Vida. Os limites do sistema incluem o cultivo de microalgas, a sedimentação natural, centrifugação e a conversão da biomassa a biogás, biodiesel e bio-óleo. Três rotas de conversão energética serão analisadas: digestão anaeróbia, transesterificação e liquefação hidrotérmica. A modelagem será realizada no software SimaPro® versão 9, base de dados Ecoinvent versão 3.5, com dados secundários oriundos de revisão de literatura e considerando como unidade funcional 1MJ de energia produzida. Espera-se com os resultados inferir qual rota energética de valorização de biomassa algal apresentou menores impactos ambientais dentre as categorias analisadas e via análises de contribuição, incerteza e sensibilidade verificar quais elementos mais contribuíram para os potenciais impactos ambientais em cada ciclo de vida dos biocombustíveis, quantificar a variabilidade  dos resultados das categorias dos impactos que foi devido a variabilidade dos fluxos elementais e estimar os efeitos das escolhas feitas em termos de métodos e dados nos resultados do estudo. Além disso, espera-se contribuir para identificação de gargalos nas rotas estudadas e com o avanço da biotecnologia de microalgas aplicada à obtenção de bioenergia e, propor um cenário ideal considerando o uso de fontes alternativas no fornecimento de energia em cada etapa dos processos de produção de biocombustíveis.  


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - PAULA PEIXOTO ASSEMANY (Membro)
Interno - MARCIO MONTAGNANA VICENTE LEME (Membro)
Externo à Instituição - JACKELINE DE SIQUEIRA CASTRO - UFV (Membro)
Externo à Instituição - EDUARDO DE AGUIAR DO COUTO - UNIFEI - UNI (Suplente)
Interno - ADRIANO VIANA ENSINAS (Membro)
Notícia cadastrada em: 23/05/2022 09:55
SIGAA | DGTI - Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação - Contatos (abre nova janela): https://ufla.br/contato | © UFLA | appserver2.srv2inst1 27/06/2022 04:44