Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARCELO OLIVEIRA JUNIOR

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARCELO OLIVEIRA JUNIOR
DATA: 30/11/2023
HORA: 14:00
LOCAL: meet.google.com/grt-vsro-wat
TÍTULO:

AS LÓGICAS INSTITUCIONAIS DAS ABORDAGENS TEÓRICAS DA GESTÃO SOCIAL

 

THE INSTITUTIONAL LOGICS OF THE THEORICAL APROACHS OF THE SOCIAL MANAGEMENT 



PALAVRAS-CHAVES:

Gestão Social. Perspectiva das Lógicas Institucionais. Teoria Neoinstitucional. Pesquisa bibliográfica.


PÁGINAS: 76
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
SUBÁREA: Administração Pública
ESPECIALIDADE: Organizações Públicas
RESUMO:

A Gestão Social tem sido amplamente estudada no Brasil ao longo das três últimas décadas sob diferentes perspectivas teóricas. Em decorrência disso, muitas têm sido as interpretações, que, por um lado, geram flexibilidade teórico-conceitual, mas, por outro lado, geram dúvidas sobre sua real capacidade explicativa frente à complexidade social brasileira. Assim, têm surgido “escolas” de pensamento em Gestão Social, em geral, alinhadas às noções de gestão voltada para o desenvolvimento local por meio de relações entre organizações da sociedade civil, modelo de administração pública societal e forma de gestão antagônica à gestão estratégica (baseada em uma racionalidade instrumental) que se aplica a quaisquer ambientes que possam ser geridos (públicos, empresariais ou do terceiro setor). Essas diferentes visões, neste trabalho, são entendidas como alinhadas a diferentes posições que, em última instância, refletem componentes normativos, estruturais e simbólicos que direcionam as ações dos pesquisadores deste campo. Desta forma, ao se considerar uma institucionalização (especialmente por meio de cursos formais vinculados a instituições públicas e privadas de ensino, bem como, periódicos especializados e eventos temáticos) do campo da Gestão Social, entende-se que o campo se estrutura e se expande expondo diferentes visões, por um lado, mas, contribuindo para um afunilamento praxiológico, por outro lado. Para que este pressuposto seja verificado, com base em um referencial Neoinstitucional, mais especificamente, na Perspectiva das Lógicas Institucionais (PLI), este trabalho busca compreender os elementos normativos das lógicas institucionais que guiam as perspectivas teóricas (PERES JR.; PEREIRA, 2014) da Gestão Social no Brasil. Para tanto, serão adotados procedimentos metodológicos que possibilitem o mapeamento da literatura concernentes, por meio da análise bibliométrica; e, a construção de novos conhecimentos de forma integrativa, crítica e sintética, por meio da revisão integrativa de literatura; de forma que os dados recuperados sejam analisados por meio da análise de conteúdo.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - VALDERI DE CASTRO ALCANTARA - UFMG (Suplente)
Externo à Instituição - MIGUEL RIVERA PERES JÚNIOR - IFMG (Membro)
Presidente - JOSE ROBERTO PEREIRA (Membro)
Interno - JOSE DE ARIMATEIA DIAS VALADAO (Suplente)
Externo à Instituição - GUSTAVO MELO SILVA - UFSJ (Membro)
Externo ao Programa - ELOISA HELENA DE SOUZA CABRAL - DAE/FCSA (Membro)
Notícia cadastrada em: 13/11/2023 13:43
SIGAA | DGTI - Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação - Contatos (abre nova janela): https://ufla.br/contato | © UFLA | appserver1.srv1inst1 02/03/2024 04:11