Notícias

Banca de DEFESA: LUCAS BIASI GASTALDON

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUCAS BIASI GASTALDON
DATA: 28/07/2022
HORA: 13:30
LOCAL: Sala virtual, google meet https://meet.google.com/kne-qnof-ymr
TÍTULO:

Índices hidráulico-energéticos como função da condutividade hidráulica do solo saturado e como parâmetros de entrada para Funções de Pedotransferência


PALAVRAS-CHAVES:

qualidade física do solo; permeabilidade do solo; curva de retenção da água no soloNão informado


PÁGINAS: 85
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Física
SUBÁREA: Áreas Clássicas de Fenomenologia e suas Aplicações
ESPECIALIDADE: Dinâmica dos Fluídos
RESUMO:

A condutividade hidráulica do solo saturado (Ks) é uma importante propriedade física que pode ser utilizada para caracterizar, interpretar e simular processos hidrológicos do solo. A análise da qualidade física do solo (QFS) geralmente se baseia nas propriedades de transferência e armazenamento de massa e energia que ocorrem nesse meio poroso. A curva de retenção de água do solo (CRAS) é uma função hidráulica amplamente utilizada e que está relacionada a QFS. Dessa forma, indicadores de QFS podem ser determinados a partir da CRAS, como distribuição de poros, capacidade de campo relativa, água disponível, porosidade drenável e os índices hidráulico-energéticos do solo. Neste trabalho, 395 CRAS’s medidas, obtidas no banco de dados UNSODA 2.0 (76%), artigos científicos da área (5%) e outras cedidas por colaboradores (19%), foram ajustadas a equação de van Genuchten (1980) e delas extraídos os índices hidráulico-energéticos objetivando verificar se eles são correlacionáveis com Ks. Os ajustes e resultados (paramétricos e não paramétricos) encontrados foram separados de acordo com as classes texturais dos solos analisados. Verificou-se a influência significativa de Ks sobre ao menos um dos índices hidráulico-energéticos absolutos (Aa e WRa) em escala numérica para o agrupamento de todas as texturas e em ambas as escalas (numérica e pF) nas texturas argilosa e siltosa. Em quatro separações texturais houve influência de Ks sobre os dois índices. Houve também influência de Ks na soma dos índices absolutos em escala pF para 5 das 6 separações texturais, obtendo-se correlação linear significativa na textura argilosa quando aplicado o log na soma dos índices absolutos. Também foi observada influência de Ks na razão dos índices WRa/AD em todas as separações feitas e AaD em 4 das 6 separações sendo o uso desses índices recomendados para o desenvolvimento de PTFs para a predição de Ks.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - TATIANA RAMOS CARDOSO - UFLA (Suplente)
Presidente - ROBSON ANDRE ARMINDO (Membro)
Externo à Instituição - QUIRIJN DE JONG VAN LIER - USP (Suplente)
Externo à Instituição - Luís Carlos Timm - UFPel (Membro)
Externo à Instituição - CEZAR FRANCISCO ARAUJO JUNIOR - IDR - PARANÁ (Membro)
Externo à Instituição - ALINE MARI HUF DOS REIS - EMBRAPA (Membro)
Notícia cadastrada em: 25/07/2022 09:43
SIGAA | DGTI - Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação - Contatos (abre nova janela): https://ufla.br/contato | © UFLA | appserver1.srv1inst1 28/11/2022 02:34