Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: TARCÍSIO COUTO CARNEIRO SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TARCÍSIO COUTO CARNEIRO SANTOS
DATA: 21/08/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Sala Virtual do Google Meet
TÍTULO:

Análise multicritério como metodologia de escolha de sistemas descentralizados de esgotos: estudos da viabilidade de implantação de sistemas de tratamento aplicados a uma comunidade rural em Itamonte-MG


PALAVRAS-CHAVES:

saneamento descentralizado, saneamento rural, saneamento ambiental, análise multicritério, sistemas alagados construídos, tanque de evapotranspiração, biodigestor, tanque séptico.



PÁGINAS: 32
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Sanitária
SUBÁREA: Saneamento Ambiental
RESUMO:

O acesso à água potável e ao saneamento são direitos humanos reconhecidos pela ONU desde 2010. Porém, no Brasil, ainda existem consideráveis déficits de acesso aos serviços básicos de saneamento, principalmente na zona rural. Partindo do pressuposto que soluções descentralizadas de esgotos não devem pautar-se só em aspectos técnicos, mas também institucionais, socioeconômicos e culturais, o presente projeto visa analisar, por meio de análises multicritério - aplicadas a diferentes cenários -, os sistemas de esgotamento sanitário mais indicados para o bairro rural de Colina, em Itamonte-MG. Será aplicado um questionário para diagnóstico local, cujos dados subsidiarão propostas para intervenções que se farão necessárias nas soluções de esgotamento sanitário. Dado o grande número de tecnologias empregadas no tratamento descentralizado de esgotos, a tomada de decisão acerca das soluções será obtida sob a ótica ambiental, social e econômica. Será utilizado como ferramenta para a tomada de decisões e escolha para diferentes cenários o Método de Análise Hierárquica (AHP). Serão propostos cinco cenários: dois com soluções unifamiliares para tratamento das águas fecais em tanque de evapotranspiração, fossa séptica biodigestora e fossa séptica econômica, e de forma separada o tratamento das águas cinzas em círculo de bananeiras e sistema alagado construído; e três cenários para soluções multifamiliares com 5, 10 e 15 domicílios para tratamento de forma conjunta das águas fecais e águas cinzas em sistemas de tanque séptico, filtro anaeróbio, biodigestor e sistema alagado construído de escoamento horizontal e vertical. Espera-se obter, para cada cenário aqui considerado, as alternativas que obtiveram maiores preferências, pelos respectivos pesos obtidos, pela aplicação da metodologia. Espera-se ainda, o aprofundamento dos estudos acerca das tecnologias descentralizadas de esgotos que cumprem importante papel de serem balizadores para estudos futuros, além de se obter a partir da aplicação da Metodologia de Análise Multicritério, a solução do problema existente na comunidade Colina, propondo alternativas para regularizar as condições de esgotamento sanitário na comunidade. 



MEMBROS DA BANCA:
Presidente - RONALDO FIA (Membro)
Interno - CAMILA SILVA FRANCO (Suplente)
Interno - MATEUS PIMENTEL DE MATOS (Membro)
Interno - PAULA PEIXOTO ASSEMANY (Membro)
Notícia cadastrada em: 11/08/2020 16:43
SIGAA | DGTI - Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação - Contatos (abre nova janela): https://ufla.br/contato | © UFLA | appserver1.srv1inst1 22/01/2022 23:43