Notícias

Banca de DEFESA: DÉBORA ELISA DE SOUZA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DÉBORA ELISA DE SOUZA
DATA: 21/07/2022
HORA: 14:00
LOCAL: remoto
TÍTULO:

A PSICANÁLISE COMO CONTRIBUIÇÃO PARA A FORMAÇÃO DOCENTE: ESTUDO COLABORATIVO DOS ASPECTOS SUBJETIVOS E INCONSCIENTES DA PRÁTICA DOCENTE, COM PROFESSORES EM FORMAÇÃO INICIAL DO PROGRAMA RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA SUBGRUPO QUÍMICA   


PALAVRAS-CHAVES:

Formação docente, psicanálise, Bion, fenomenologia    


PÁGINAS: 173
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

      Ao considerar os desafios da formação docente dos cursos de licenciatura em Ciências, encontra-se a necessidade de construir espaços nos quais o professor em formação inicial encontre possibilidades de se desenvolver como um docente mais ativo sobre a sua prática. A partir do processo de reflexão que compreende saberes docentes para além da formação acadêmica, observa-se constituição de vínculos afetivos e emocionais entre sujeitos e entre sujeito e conhecimento. Para tal, o referencial teórico utilizado para desenvolver as discussões foi o psicanalítico e bioniano de continente e conteúdo, bem como o ambiente grupal. Foi observado um grupo de professores em formação inicial do projeto Residência Pedagógica Subgrupo química. É válido ressaltar o contexto que foi realizada a pesquisa, no qual se insere no período pandêmico do Covid-19, influenciando nos métodos de pesquisa, bem como nas realidades experienciadas pelos participantes. A partir da fenomenologia enquanto método de pesquisa qualitativa, os professores em formação inicial foram questionados sobre a dimensão subjetiva da formação e prática docente, em dois principais momentos. O primeiro, sendo a partir da entrevista semiestruturada realizada de forma individual e, o segundo, a partir de um encontro em grupo nomeado de conversa mediada. Logo, a partir dos dados obtidos com as entrevistas, observações diretas dos encontros da Residência Pedagógica subgrupo química e com os momentos de conversa mediada realizada pela pesquisadora, são escolhidas as descrições que estabelecem sentido com o referencial teórico utilizado. E baseado nas orientações metodológicas da fenomenologia, foram encontradas unidades de significado que, após movimentos de reduções, levantou-se duas grandes categorias abertas, sendo elas a “Linguagem inconsciente da relação professor e aluno” e “Formação docente”. Nos Resultados e Discussões foi possível inferir que o grupo RP, instaura um pressuposto básico de dependência que coexiste com as propostas conscientes do grupo de trabalho. Ao operar pela dependência, o grupo espera que a orientadora enquanto líder signifique suas experiências emocionais ao se vincularem com o conhecimento. Os residentes apresentam uma visão refletida sobre o trabalho da sala de aula, como também realizam críticas ao professor que apresenta uma atenção quase que exclusiva ao conhecimento e conteúdo disciplinar. Demonstram segurança com a abordagem de ensino estudada e praticada nas regências das aulas, sendo a abordagem do ensino por investigação. No entanto, demonstram insegurança no que se refere as relações de interações socias, bem como aspectos afetivos e subjetivos que podem aparecer na sala de aula. Os resultados permitem dizer que uma ampliação do processo de reflexão orientada abordando condicionantes subjetivos da prática docente, permite diminuir lacunas no processo de formação docente. A pesquisa conclui apostando em sugestões de métodos semelhantes ao que foi realizado pela metodologia da pesquisa, como uma possibilidade de alcançar uma das demandas apresentadas pelos sujeitos da pesquisa, de buscar pelo saber experiencial dos professores como forma de espelho para suas ações nas salas de aulas, no entanto, agora, por meio de um processo orientado por um mediador, que ofereça meios de auto observação e análise fundamentados em aportes teóricos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - RITA DE CASSIA SUART (Membro)
Externo ao Programa - PAULO RICARDO DA SILVA - DQI/ICN (Suplente)
Externo à Instituição - JOSÉ BENTO SUART JÚNIOR - UTFPR (Membro)
Externo à Instituição - ENIO DE LORENA STANZANI - UTFPR (Suplente)
Interno - ANTONIO FERNANDES NASCIMENTO JUNIOR (Membro)
Notícia cadastrada em: 18/07/2022 08:50
SIGAA | DGTI - Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação - Contatos (abre nova janela): https://ufla.br/contato | © UFLA | appserver1.srv1inst1 20/07/2024 00:22