Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: VITÓRIA CÁSSIA GABRIELA DE OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VITÓRIA CÁSSIA GABRIELA DE OLIVEIRA
DATA: 10/03/2023
HORA: 16:00
LOCAL: ANFITEATRO DFI
TÍTULO:

DIÁLOGOS ENTRE A PEDAGOGIA DA TERRA  E A ASTROBIOLOGIA: 

CAMINHOS PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS


PALAVRAS-CHAVES:

ASTROBIOLOGIA

PEDAGOGIA DA TERRA

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

COMPLEXIDADE


PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Astronomia
SUBÁREA: Astrofísica Estelar
RESUMO:

A atual realidade de ampla degradação da natureza e problemas humanitários, sanitários complexos e profundos, têm evidenciado a negativa ação antrópica no planeta Terra. Sabe-se que, o futuro da vida humana corre risco, em virtude de suas próprias ações. Nesse sentido, muitos estudiosos, sociólogos, como Morin têm defendido que paradigmas precisam ser rompidos estimulados, sobretudo, por processos educativos de forma a construir uma nova ética humana e outras maneiras de ser/estar no mundo.

 

Entretanto, a maneira como a Educação vem sendo pensada e realizada no país, baseada em princípios de fragmentação dos saberes e reprodução de dinâmicas de poder e dominação da sociedade, corriqueiros ao Capitalismo como modo de produção, não tem sido capaz de atender às demandas mundiais de formação de sujeitos críticos de sua realidade.

 

Diante deste cenário, e em resposta a ele, este estudo propõe a articulação dos saberes da Astrobiologia, que se direciona à compreensão da vida na Terra e fora dela, cujo estudos têm demonstrado suas potencialidades como tema gerador dos processos de ensino de ciências, à um modelo educativo biocêntrico, construído a partir dos princípios da Complexidade (valorizando a inter/transdisciplinaridade), da sustentabilidade e da indissociabilidade entre humanidade, planeta e Cosmos: a Pedagogia da Terra.

 

É intento do estudo, investigar as contribuições dos diálogos entre os esses saberes na formação continuada de professores que atuam no ensino de ciências, dando ênfase para as potencialidades das associações na geração de valores humanos ambientalmente sustentáveis. Para isso, recorreu-se a algumas perspectivas metodológicas de Tozzoni - Reis, que descreve parâmetros fundamentais à pesquisas em Educação Ambiental. A partir disso organizou-se um minicurso e encaminhou-se os questionários elaborados  ao público participante. Ressalta-se que a análise dos dados coletados se fez por meio da análise de conteúdo de Bardin e de discussões baseados no contexto de Gadotti, entre outros.

 

Resultados prévios mostram que o diálogo entre esses saberes, seguido do contato de professores de ciências com tais discussões, podem resultar no desenvolvimento de práticas pedagógicas capazes de estimular geração de novos valores humanos e perspectivas mais sensíveis de compreensão/ação no mundo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - JOSE ALBERTO CASTO NOGALES VERA (Membro)
Interno - KAREN LUZ BURGOA ROSSO (Membro)
Interno - ANTONIO FERNANDES NASCIMENTO JUNIOR (Suplente)
Externo ao Programa - PAULO RICARDO DA SILVA - DQI/ICN (Membro)
Externo à Instituição - LAYSA GONÇALVES MARTINS - EPCAR (Membro)
Externo à Instituição - FELIPE ANDRADE VELOZO - UNIFAL (Suplente)
Notícia cadastrada em: 14/02/2023 09:05
SIGAA | DGTI - Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação - Contatos (abre nova janela): https://ufla.br/contato | © UFLA | appserver1.srv1inst1 21/02/2024 23:17