Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOÃO PEDRO ELIAS GONDIM

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOÃO PEDRO ELIAS GONDIM
DATA: 30/06/2022
HORA: 08:30
LOCAL: PPG Fitopatologia
TÍTULO:

RESÍDUO DE Tenebrio molitor NO CONTROLE DO COMPLEXO DE DOENÇAS CAUSADAS  POR Fusarium X NEMATOIDE EM TOMATEIRO


PALAVRAS-CHAVES:

Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici raça 3; Meloidogyne incognita raça 1; promoção de crescimento; supressividade


PÁGINAS: 55
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

Os fungos do complexo de espécies Fusarium oxysporum e os fitonematoides do gênero Meloidogyne estão entre os fitopatógenos mais importantes para a agricultura brasileira e mundial. Esses patógenos causam significativa redução na produtividade da maioria das culturas agrícolas de importância econômica ou de subsistência. Em condições de altas populações na área de cultivo podem acarretar o abandono da atividade agrícola. A incorporação de resíduos orgânicos no solo apresenta vários efeitos benéficos em longo prazo. Sobre fitopatógenos, os resíduos orgânicos podem liberar compostos tóxicos durante a decomposição, estimular populações de microrganismos antagonistas do solo e induzir resistência sistêmica nas plantas. Na promoção de crescimento de plantas, podem melhorar as características físico-químicas do solo e as populações de microrganismos estimulados ativarem genes de crescimento. Assim, o presente trabalho de pesquisa tem como objetivo avaliar o efeito do resíduo da produção da larva de Tenebrio molitor sobre Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici raça 3 e Meloidogyne incognita raça 1 em tomateiro. As concentrações do resíduo foram de 0, 1, 2, 3, 4 e 5 % (v v-1). Primeiramente, foi avaliado a fitotoxicidade do resíduo utilizando sementes de tomate. O efeito do resíduo na promoção de crescimento foi avaliado em mudas de tomateiro. A supressão do resíduo sobre a ocorrência de Fol e M. incognita está sendo avaliada em cultivo de tomateiro em condições controladas, e a campo para o nematoide. Está sendo realizada a quantificação de compostos voláteis do resíduo. O efeito dos compostos voláteis está sendo analisado sobre o crescimento micelial de Fol, e sobre ovos e juvenis de segundo estádio (J2) de M. incognita. O efeito do extrato aquoso foi avaliado sobre o crescimento micelial e a germinação de microconídios de Fol, e sobre ovos e J2 de M. incognita. O resíduo está sendo caracterizado física, química e biologicamente. Os possíveis mecanismos de indução de supressividade do resíduo a Fol raça 3 e M. incognita raça 1 estão sendo avaliados.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - CARLOS ALBERTO SILVA - DCS/ESAL (Membro)
Externo à Instituição - DANIEL WINTER HECK - CORNELL (Membro)
Interno - EDUARDO ALVES (Suplente)
Presidente - FLAVIO HENRIQUE VASCONCELOS DE MEDEIROS (Membro)
Externo à Instituição - SAMI JORGE MICHEREFF - UFCA (Membro)
Notícia cadastrada em: 09/06/2022 15:13
SIGAA | DGTI - Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação - Contatos (abre nova janela): https://ufla.br/contato | © UFLA | appserver1.srv1inst1 14/07/2024 22:38