Notícias

Banca de DEFESA: YASMIM FREITAS FIGUEIREDO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: YASMIM FREITAS FIGUEIREDO
DATA: 27/06/2022
HORA: 08:00
LOCAL: Defesa remota via Google Meet
TÍTULO:

NEW DIAGRAMMATIC SCALE AND RATE PROGRESS ANALYSIS OF COFFEE RUST


PALAVRAS-CHAVES:

Coffea arabica L. Controle químico. Escala Diagramática. Fungicidas. Hemileia vastatrix.


PÁGINAS: 75
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
SUBÁREA: Fitossanidade
ESPECIALIDADE: Fitopatologia
RESUMO:

O Brasil é o maior produtor mundial e exportador mundial de café (Coffea spp.). Minas Gerais é o principal estado produtor de café e a produção de café arábica representa mais de 70% da produção estadual. A produção cafeeira pode ser prejudicada por meio de perdas devido a diversos fatores, mas o principal é a presença de doenças. Sendo a ferrugem do café (Hemileia vastatrix) a principal doença geradora de perdas na produção tanto em café arábica, quanto em café conilon. O progresso da doença deve ser acompanhado para obtenção do melhor manejo e época de aplicação de fungicidas. Um dos métodos utilizados para avaliar de forma prática a quantificação de doenças no campo é o uso de escalas diagramáticas. Com isso, o primeiro experimento teve o objetivo de desenvolver uma nova escala diagramática para café arábica com fotografias coloridas e sete níveis de doença, baseado em outras três escalas existentes. Primeiramente, confeccionou-se a nova escala diagramática, a partir de 221 folhas coletadas de forma casualizada e posterior foi obtida a distribuição de frequência da doença. Posteriormente foi realizada três avaliações com 10 avaliadores diferentes para a validação da nova escala e comparação com as escalas diagramáticas existentes. A validação foi realizada por meio de regressão linear e análise de correlação concordante de Lin, realizadas no software R. Os avaliadores utilizando a escala proposta melhoraram a acurácia, precisão e reprodutibilidade das avaliações e reduziu a distribuição dos resíduos. O objetivo do segundo experimento foi de avaliar a taxa de progresso da ferrugem no café arábica com diferentes fungicidas e suas misturas. Os dados analisados foram realizados entre 2014 a 2021, obtidos a partir de 23 experimentos de lavouras de café arábica, cultivar Catuaí Vermelho IAC 99, suscetível à ferrugem. As avaliações foram realizadas em lavouras com idade entre cinco e oito anos, espaçamento de 3,8 x 0,6m entre plantas e conduzidos segundo as recomendações técnicas para a cultura. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetições e a parcela experimental composta por 10 plantas. Foi avaliada a incidência de ferrugem, a taxa de progresso da doença, linearização dos dados e ajustados modelos lineares e não lineares para todos os dados de tratamentos obtidos, utilizando o software R. O melhor modelo ajustado foi escolhido a partir dos critérios de maior coeficiente de determinação (R2) e menor Critério de Informação de Akaike (AIC). O modelo integral não linear exponencial foi o de melhor ajuste para descrever a taxa de progresso da ferrugem em função do tempo.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - PAULO ESTEVAO DE SOUZA (Membro)
Externo à Instituição - HELON SANTOS NETO - UFLA (Suplente)
Interno - EDUARDO ALVES (Membro)
Presidente - EDSON AMPELIO POZZA (Membro)
Externo à Instituição - DEILA MAGNA DOS SANTOS BOTELHO - UFLA (Membro)
Externo à Instituição - CRISTIAN DAVID PLAZA PEREZ - UFLA (Membro)
Externo à Instituição - ADELIA AZIZ ALEXANDRE POZZA - UFLA (Suplente)
Notícia cadastrada em: 21/06/2022 07:33
SIGAA | DGTI - Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação - Contatos (abre nova janela): https://ufla.br/contato | © UFLA | appserver2.srv2inst1 22/06/2024 04:24