Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: BRUNNO CASSIANO LEMOS ARAÚJO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BRUNNO CASSIANO LEMOS ARAÚJO
DATA: 28/11/2022
HORA: 08:00
LOCAL: Anfiteatro de Fitopatologia
TÍTULO:

SELEÇÃO DE MICRORGANISMOS PARA O ENRAIZAMENTO DE ESTACAS E CONTROLE DA PODRIDÃO RADICULAR DE VIDEIRA (Vitis vinifera)


PALAVRAS-CHAVES:

Enraizamento; Controle biológico; Trichoderma; Bacillus.


PÁGINAS: 46
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

A produção de uvas para a elaboração de vinhos finos na região do Sul de Minas tem tido sucesso graças à dupla poda. Entretanto, alguns fatores limitantes como a podridão radicular e a baixa taxa de enraizamento de estacas enxertadas têm chamado atenção de técnicos e pesquisadores da região. Nesse sentido, apesar das pesquisas com a cultura da videira nessa etapa do sistema produtivo ainda serem escassas, a utilização de microrganismos com ações benéficas têm demonstrado resultados positivos em diversos outros sistemas de cultivo. Fungos do gênero Trichoderma e bactérias do gênero Bacillus são os microrganismos mais utilizados na agricultura atualmente. Assim, o objetivo desse projeto é selecionar isolados de Trichoderma endofíticos e de Bacillus rizosféricos obtidos de plantas de videira, que possuam capacidade de controlar o agente causal da podridão radicular em mudas e auxiliar na emissão de raízes primárias em estacas enxertadas. Inicialmente serão preparadas suspensões dos isolados de Bacillus obtidos de amostras de solos próximas às raízes e da região da rizosfera. Estacas sadias serão mergulhadas por 24h nas suspensões bacterianas, posteriormente plantadas em recipientes plásticos e mantidas sob condições controladas em casa de vegetação. Como controle positivo as estacas serão tratadas com hormônio vegetal e negativo apenas com água esterilizada. Serão avaliadas de acordo com a quantidade de raízes primarias emitidas, comprimento e massa fresca e seca das raízes. Já para os testes de controle do agente causal da podridão radicular serão utilizados isolados de Trichoderma obtidos de folhas, caules e raízes de mudas de videira. Mudas sadias serão inoculadas com suspensões de isolados de Fusarium que causam a podridão radicular. As mudas serão avaliadas de acordo com a severidade e incidência da doença. Os isolados mais promissores nos testes serão identificados através do sequenciamento de genes específicos e análises filogenéticas. Os resultados do projeto contribuirão para a geração de informações científicas sobre o controle da podridão radicular de mudas de videira e para o enraizamento de estacas enxertadas por meio da utilização de microrganismos benéficos.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - CLAUDIA RITA DE SOUZA - EPAMIG (Membro)
Externo à Instituição - ELIDA BARBOSA CORREA - UEPB (Membro)
Interno - FLAVIO HENRIQUE VASCONCELOS DE MEDEIROS (Suplente)
Presidente - JORGE TEODORO DE SOUZA (Membro)
Interno - RAFAELA ARAÚJO GUIMARÃES - UFLA (Suplente)
Interno - VALTER CRUZ MAGALHÃES - UFLA (Membro)
Notícia cadastrada em: 18/11/2022 13:59
SIGAA | DGTI - Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação - Contatos (abre nova janela): https://ufla.br/contato | © UFLA | appserver1.srv1inst1 22/06/2024 02:28