Notícias

Banca de DEFESA: CHANDERSON ERNANI LOPES TEIXEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CHANDERSON ERNANI LOPES TEIXEIRA
DATA: 27/03/2024
HORA: 10:00
LOCAL: Virtual
TÍTULO:

CARACTERIZAÇÃO DO USO DE PASTAGENS NO BIOMA CERRADO FRENTE AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS


PALAVRAS-CHAVES:

Pecuária; Mudanças Climática; Caracterização; Forragem.


PÁGINAS: 38
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Pastagem e Forragicultura
ESPECIALIDADE: Manejo e Conservação de Pastagens
RESUMO:

O impacto das mudanças climáticas nas pastagens brasileiras, bem como na sua produtividade está diretamente relacionada com a aceitabilidade dos produtores que algo está mudando. Conhecer a visão de produtores pode ser estratégico para entender como uma região ou mesmo um bioma está enfrentando as mudanças no clima. Com isso objetivou-se, caracterizar e mapear a situação atual de pecuaristas no bioma Cerrado quanto ao manejo das pastagens bem com as estratégias adaptativas frente as mudanças climáticas. A investigação dos dados referentes as propriedades, sobre seu tamanho, manejo de pastagens, principais plantas forrageiras na propriedade, conhecimento e impacto das mudanças climáticas na propriedade entre outas informações foi elaborado e distribuído de forma online, atingindo 7 estados brasileiros e Distrito Federal. A análise das pastagens no bioma cerrado diante das mudanças climáticas revela disparidades nas propriedades quanto à disponibilidade de área para pastagens, com a relação entre pastagens e área total indicando maior vulnerabilidade a impactos climáticos extremos. A brecha na legislação para reserva legal, especialmente em propriedades menores, destaca a necessidade de revisão normativa. Apesar da diversificação nas forragens, mais de 80% das áreas apresentam sinais de degradação, exigindo manejo eficiente para evitar deterioração. A negligência em práticas como calagem compromete a perenidade das pastagens, aumentando a vulnerabilidade a condições climáticas extremas. A conscientização limitada sobre mudanças climáticas entre pecuaristas, apesar de adaptações percebidas, representa um desafio. Aspectos gerenciais e resiliência emergem como fundamentais para uma pecuária eficiente. O levantamento ressalta a importância de conscientizar sobre o real impacto das mudanças climáticas nas propriedades, defendendo a promoção de práticas sustentáveis e políticas adequadas para mitigar perdas frente a eventos climáticos extremos.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - SERGIO DOMINGOS SIMAO - UFLA (Suplente)
Interno - MARCIO ANDRE STEFANELLI LARA (Membro)
Interno - DANIEL RUME CASAGRANDE (Membro)
Externo à Instituição - DANIEL DA CUNHA - REHAGRO (Membro)
Interno - CARLA LUIZA DA SILVA AVILA (Suplente)
Notícia cadastrada em: 18/03/2024 11:18
SIGAA | DGTI - Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação - Contatos (abre nova janela): https://ufla.br/contato | © UFLA | appserver1.srv1inst1 29/05/2024 23:39