Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARCELA APARECIDA DE PAULA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARCELA APARECIDA DE PAULA
DATA: 16/09/2020
HORA: 09:00
LOCAL: meet.google.com/kfn-jrsr-oxo
TÍTULO:

RELACIONANDO AS INTERAÇÕES DIALÓGICAS E AS HABILIDADES COGNITIVAS PROMOVIDAS EM SALA DE AULA POR MEIO DO DESENVOLVIMENTO DO CONTEÚDO LIGAÇÕES QUÍMICAS


PALAVRAS-CHAVES:

Diálogo. Habilidades de alta ordem. Sequência de ensino por investigação.


PÁGINAS: 105
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

O ensino por investigação é uma abordagem que possibilita momentos de comunicação entre professor e estudantes. Assim, o desenvolvimento de sequências de ensino por investigação, pode possibilitar a promoção de interações dialógicas e de habilidades cognitivas no contexto de sala de aula. Nesse sentido, o presente trabalho é orientado pela seguinte questão de investigação: Que tipos de interações dialógicas deveriam ser promovidas em sala de aula, para o desenvolvimento de habilidades cognitivas de alta ordem pelos estudantes, por meio de uma sequência de ensino por investigação sobre ligações químicas? O objetivo da pesquisa é investigar como as interações dialógicas promovidas entre a professora e os estudantes, durante o desenvolvimento de uma sequência de aulas investigativas, podem contribuir para o desenvolvimento de habilidades cognitivas durante as aulas de Química. A pesquisa possui um enfoque qualitativo. Buscou-se analisar a sequência de ensino por investigação de acordo com os níveis investigativos de Silva (2011), e as interações dialógicas entre a professora e os estudantes, em duas dimensões, verbal e cognitiva, utilizando as ideias de Souza (2008). Para analisar as habilidades cognitivas promovidas pelos estudantes, baseamo-nos nos níveis cognitivos propostos por Suart e Marcondes (2008). Foram analisadas as transcrições de uma sequência de sete aulas intitulada por Materiais, desenvolvida em uma escola da rede pública de uma cidade do Sul de Minas Gerais, para estudantes da primeira série do Ensino Médio. As transcrições permitiram a elaboração dos episódios de ensino, nos quais estão as falas da professora e dos estudantes, detalhadamente. Os resultados demonstram que a professora conseguiu desenvolver interações com os estudantes, no entanto, as categorias cognitivas e as habilidades cognitivas manifestadas foram de baixa ordem, os estudantes apresentaram respostas curtas e pouco elaboradas e com relação a interação verbal foi possível perceber a interatividade da professora com os estudantes durante as aulas. Avalia-se que o estudo possibilitará a ampliação do conhecimento sobre a promoção de ambientes que potencializem as interações dialógicas entre professores e estudantes e o desenvolvimento de habilidades cognitivas.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - JOSEFINA APARECIDA DE SOUZA (Membro)
Externo à Instituição - JULIANA DE ANDRADE SANTIAGO - UFLA (Membro)
Interno - MARIANNA MEIRELLES JUNQUEIRA (Suplente)
Presidente - RITA DE CASSIA SUART (Membro)
Notícia cadastrada em: 02/09/2020 17:27
SIGAA | DGTI - Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação - Contatos (abre nova janela): https://ufla.br/contato | © UFLA | appserver3.ufla.br.srv3inst1 08/12/2021 16:00