Notícias

Defesa de Dissertação do Mestrado Profissional do PPGECEM/UFLA - Carlos José Rufino - em 23/08/2023

Mestrando:

Carlos José Rufino

 

Título:

A TECNOLOGIA E AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DA EJA: AS PERCEPÇÕES DOCENTES A PARTIR DE UM MINICURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA

 

Banca Examinadora:

Prof. Dr. Mario Henrique Andrade Claudio – UFLA

Profa. Dra. Rosana Maria Mendes – UFLA

Prof. Dr. Fabio Alexandre de Matos – UFSJ

 

Data: 23/08/2023

Horário: 14h

 

Local:

meet.google.com/vsh-dpxq-yto

 

RESUMO: A presente pesquisa, de caráter qualitativo, tem como objetivo central conhecer as possibilidades e os desafios enfrentados pelos professores de Matemática ao inserir em suas práticas pedagógicas, na Educação de Jovens e Adultos (EJA), ferramentas tecnológicas e digitais. Buscou responder a seguinte questão de investigação: Na opinião dos professores de Matemática, como a inserção de recursos tecnológicos nas práticas pedagógicas pode contribuir para o processo de ensino e de aprendizagem de Matemática na Educação de Jovens e Adultos (EJA) ? Os dados gerados e analisados, foram obtidos a partir da ministração de um minicurso de formação continuada, intitulado “A Tecnologia e as Práticas Pedagógicas na Educação Matemática na EJA”, ofertado de forma online, por meio do Google Meet. O minicurso contou com a participação de quatro professoras de Matemática que estavam trabalhando ou que já haviam trabalhado com a disciplina de Matemática na EJA. Para a geração e constituição dos dados foram utilizados: 1) Dois questionários (inicial e final); 2) As Transcrições dos áudios dos encontros do minicurso de formação continuada. Também foi utilizado um diário de bordo, como ferramenta de apoio para a geração e constituição dos dados. O referencial teórico que embasou este trabalho abordou temas referentes ao histórico da EJA no Brasil, Tecnologia na Educação, Formação de professores, Letramento Digital e a Utilização das Tecnologias na Educação e no Ensino da Matemática. Para a análise dos dados gerados, adotamos o método da “Análise de Conteúdo”, tendo como referência Bardin (1977). Três categorias de análise foram identificadas: 1) Percepções docentes a respeito do uso das tecnologias nas práticas pedagógicas nas aulas de Matemática nas turmas da EJA; 2) Percepções docentes a respeito da heterogeneidade das turmas da EJA. Desafios e possibilidades para essa modalidade de ensino; 3) Percepções docentes a respeito da importância do letramento digital e tecnológico dos professores e dos alunos da EJA. Os resultados mostram que a inserção de ferramentas tecnológicas e digitais nas práticas pedagógicas, nas aulas de Matemática nas turmas da EJA é uma realidade, porém fatores relacionados a escassez de equipamentos tecnológicos, precariedade dos laboratórios de informática das escolas e insegurança em relação ao uso das tecnologias dificultam esse processo. Já a utilização consciente dessas ferramentas torna as aulas de Matemática na EJA mais dinâmicas e atrativas, além de contribuir para o desenvolvimento do raciocínio lógico dos alunos, para a construção do conhecimento e para o processo de ensino e de aprendizagem. A partir dos resultados obtidos, foi desenvolvido um produto educacional, em formato de Guia Colaborativo , que servirá de fonte de consulta para docentes e interessados pelo tema desta pesquisa.

 

Palavras-Chave: Educação de Jovens e Adultos. Tecnologia. Educação Matemática.

 

Notícia cadastrada em: 24/07/2023 14:45
SIGAA | DGTI - Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação - Contatos (abre nova janela): https://ufla.br/contato | © UFLA | appserver2.srv2inst1 21/02/2024 22:53