Estrutura curricular

 

Resolução Nº 01, 10/09/2019 - Grade Curricular 2019/2


PDS507 – Metodologia de Pesquisa

PDS502 – Concepções Contemporâneas de Extensão Processos de Mediação e Novos Atores Sociais

PDS510 – Desenvolvimento sustentável e meio ambiente

PDS511 – Agroecologia transição agroecológica e sustentabilidade

PDS509 – Campesinato e Agricultura Familiar no Brasil

PDS505 – Concepções e Experiências sobre a Extensão no Brasil

PDS506 – Cultura e Mudança Organizacional

PDS501 – Desenvolvimento Rural e Políticas Públicas

PDS514 – Gestão Ambiental

PDS512 – LEGISLAÇÃO AMBIENTAL E ESTRUTURA FUNDIÁRIA

PDS504 – Manejo De Pragas Com Métodos De Baixo Impacto

PDS508 – Relações de Gênero e Processos de Empoderamento

PDS513 – Tecnologias de produção em sistemas agroecológicos

PDS525 – Economia Solidária em Diálogos com o Desenvolvimento Solidário

PDS524 – RECURSOS NATURAIS, AGRICULTURA E POLÍTICAS PÚBLICAS

 

Resolução sobre Exame de Qualificação

 

 

Regulamento interno PPGDE:

Seção VI - Do currículo e do regime de créditos


Art. 16° - O estudante deverá cursar um mínimo de 31 créditos em disciplinas para a conclusão do Mestrado Profissional em Desenvolvimento Sustentável e Extensão, sendo 16 créditos em disciplinas obrigatórias (incluindo os 2 créditos do Trabalho de Conclusão de Curso), no mínimo 9 créditos em disciplinas da área de concentração e, no mínimo, 6 créditos em disciplinas de livre escolha do discente, inclusive de outras instituições ou programas.

   § 1º - Uma unidade de crédito corresponde a 15 horas de preleção.

 

Art. 17° - A oferta das disciplinas será elaborada pelo colegiado do programa segundo os prazos previstos em calendário acadêmico.

 

Art. 18° - A grade das disciplinas obrigatórias, de área de concentração e optativas no âmbito do programa será apresentada em resolução específica.

 

Art. 19° - As disciplinas cursadas fora da UFLA poderão, a critério do colegiado do programa, serem consideradas para a integralização no número de créditos exigidos para o curso, sendo que, quando necessário, haverá a readequação dos créditos de acordo com as normas vigentes.

 

Art. 20° - As disciplinas cursadas em regime especial no Mestrado Profissional em Desenvolvimento Sustentável e Extensão poderão ser aproveitadas pelos estudantes que ingressarem posteriormente ao programa, em um limite de até 9 créditos.

 

Art. 21° - Para a obtenção do título de mestre, todo discente regularmente matriculado no Programa deverá demonstrar proficiência em pelo menos uma língua estrangeira definida pelo Programa. A suficiência poderá ser demonstrada por meio de uma das opções a seguir.

   § 1º - Aprovação em disciplina de Língua Estrangeira ofertada pelo Programa, cuja matrícula deverá ser efetuada no primeiro período letivo.

   § 2º - Aprovação com rendimento mínimo de 60% (sessenta por cento) em testes de suficiência em língua estrangeira reconhecidos pela CAPES.

SIGAA | DGTI - Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação - Contatos (abre nova janela): https://ufla.br/contato | © UFLA | appserver2.srv2inst1 27/06/2022 06:38